quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Primeiro trailer de Mogli: O Menino Lobo


Como a Walt Disney Pictures havia anunciado, foi lançado o primeiro trailer do filme Mogli: O Menino Lobo.
Baseado na série literária de Rudyard Kipling, o filme conta a história de Mogli (Neel Sethi), um menino que foi criado por uma família de lobos em plena selva, contando apenas com a companhia de um urso e uma pantera.
O filme tem no elenco nomes como Idris Elba, Scarlett Johansson, Lupita Nyong'o, Ben Kingsley , Christopher Walken, Giancarlo Esposito e Bill Murray.
Dirigido por Jon Favreau ( Homem de Ferro) e misturando atores com CGI, o épico tem estréia marcada para 14 de abril de 2016.





terça-feira, 15 de setembro de 2015

Novo trailer legendado do filme Creed: Nascido Para Lutar


Um novo trailer do filme Creed: Nascido Para Lutar foi lançado pela  Metro-Goldwyn-Mayer Pictures, nos dando uma pequena amostra do spinoff/sequência da franquia Rocky.



Sylvester Stallone retorna como Rocky Balboa, dessa vez ao lado de Michael B. Jordan como o filho de Apollo Creed (interpretado nos filmes anteriores por Carl Weathers).
Ryan Coogler dirige a partir de um roteiro que ele escreveu com Aaron Covington, baseado em personagens da série Rocky escrito por Sylvester Stallone. O filme está sendo produzido por Robert Chartoff, Irwin Winkler, Charles Winkler, William Chartoff, David Winkler, Kevin King Templeton e Sylvester Stallone.

Adonis Johnson (Michael B. Jordan) nunca conheceu o pai, Apollo Creed, que faleceu antes de seu nascimento. Ainda assim, a luta está em seu sangue e ele decide entrar no mundo das competições profissionais de boxe. Após muito insistir, Adonis consegue convencer Rocky Balboa (Sylvester Stallone) a ser seu treinador e, enquanto um luta pela glória, o outro luta pela vida.

Creed chega aos cinemas americanos em  25 de novembro de 2015.

domingo, 13 de setembro de 2015

The Flash | Trailer da segunda temporada


O Canal CW lançou o trailer estendido da segunda temporada da série The Flash, revelando alguns personagens novos e a expansão do multiverso.


Após a derrota do arqui-inimigo de Barry Allen Eobard Thawne ( Flash Reverso), a equipe do Flash rapidamente volta sua atenção para a singularidade que está sobre Central City, que os fãs viram pela última vez consumindo tudo em seu caminho. Armado com o coração de um herói e a capacidade de mover-se a super velocidades, Barry vai até o centro da singularidade, mas ele vai realmente ser capaz de salvar sua cidade da destruição iminente?



A série conta com  Grant Gustin como Barry Allen / The Flash, Candice Patton como Iris West, Rick Cosnett como Eddie Thawne, Danielle Panabaker como Caitlin Snow, Carlos Valdes como Cisco Ramon e Jesse L. Martin como o detetive Joe West.

The Flash  vai estrear sua segunda temporada na terça, 6 de outubro nos EUA


Fonte: The CW Network

domingo, 6 de setembro de 2015

Tokusatsu | Séries que amamos!!!


Tokusatsu é uma abreviatura da expressão japonesa "tokushu satsuei" , traduzida como "filme de efeitos especiais". Antigamente, o gênero englobava praticamente qualquer produção cinematográfica ou televisiva que se utilizasse de efeitos especiais. Atualmente, tornou-se sinônimo de filmes ou séries live-action de super-heróis produzidos no Japão com bastante ênfase nos efeitos especiais, mesclando várias técnicas como a pirotecnia, computação gráfica, modelismo, entre outras.

Vídeo do nosso canal sobre o tema nesse link

O Tokusatsu no Brasil

 

O tokusatsu chegou ao Brasil em 1964, com a exibição de National Kid pela Rede Globo (TV Paulista, na época), pela TV Rio e pela Rede Record. A série foi um sucesso de público (ao contrário de seu país de origem, em que foi um fracasso): porém, com a ditadura militar da época, a série foi submetida à censura prévia e posteriormente cortada. E ainda nos anos 60 viriam dar as caras na TV Brasileira mais series japonesas como Vingadores do Espaço ( TV Bandeirantes ),Ultra Q ( TV Bandeirantes ), Ultraman ( TV Bandeirantes ),Príncipe Dinossauro (TV Bandeirantes ) e depois exibido na TV Record no começo da década seguinte.


Nos anos 70, seria exibida a serie Esper na TV Gazeta e Ultraman agora na Rede Tupi e mais duas series da família Ultra, Ultraseven e O Regresso de Ultraman, que fizeram sucesso ao serem exibidos nesta emissora já extinta. Além deles, séries como Vingadores do Espaço e Robô Gigante também foram exibidas com sucesso por essa emissora.
Mas a grande explosão ocorreu mesmo nos anos 80, com a chegada das séries a extinta TV Manchete.
No começo da década de 80, vieram Spectreman exibido na TV Record e depois pela TVS . A partir do fim da década, chegam ao Brasil: Jaspion e Changeman, através um investimento arriscado do empresário Toshihiko Egashira em parceria com a Rede Manchete. Ao contrário do que se pensava, as séries obtiveram um enorme sucesso, gerando uma explosão do gênero de super-heróis japoneses no Brasil, abrindo as portas do mercado para a vinda de novas séries e a venda de produtos e brinquedos. Por conta disso, a segunda metade dos anos 80 e a primeira metade dos anos 90 foram marcadas por essa "onda" de super-heróis japoneses na televisão. Isso se deu até meados dos anos 90, quando o gênero tornou-se cada vez menos explorado até desaparecer da televisão quase que por completo no início dos anos 2000.

AS SÉRIES DE MAIOR SUCESSO NO BRASIL


Esquadrão Relâmpago Changeman



Dengeki Sentai Changeman (電撃戦隊チェンジマン, Dengeki Sentai Chenjiman, traduzido e lançado no Brasil como Esquadrão Relâmpago Changeman). Produzida pela Toei Company, foi originalmente exibida pela TV Asahi entre 2 de fevereiro de 1985 e 22 de fevereiro de 1986, sucedendo Bioman e antecedendo Flashman.

Fez grande sucesso em seu país de origem e no Brasil, onde foi exibido a partir de 1988 pela extinta Rede Manchete até meados de 1994 e a partir do mesmo ano pela Rede Record e mais tarde pela CNT/Gazeta. A série completa foi lançada em VHS pela Everest Vídeo (mais tarde Tikara Filmes

História
Cinco integrantes do exército dos Defensores da Terra são banhados pela Força Terrestre (Earth Force) e adquirem cada um os poderes de um densetsu-ju (animal lendário): Dragão (Change Dragon), Grifo (Change Griphon), Pégaso (Change Pegasus), Sereia (Change Mermaid) e Fênix (Change Phoenix). Com um vasto arsenal e o poderoso Change-Robô eles lutam contra os alienígenas de Gôzma, um império galáctico cuja sede fica no planeta de mesmo nome, e que conquistara e anexara um número sem-fim de mundos. Gôzma é liderado pelo malévolo Senhor Bazoo (Sei Oh Bazoo) e sua horda de ajudantes, que querem a qualquer custo dominar o planeta Terra.



Cybercop, os Policiais do Futuro



Cybercop, os Policiais do Futuro (電脳警察サイバーコップ, Dennō Keisatsu Saibākoppu) foi produzida pelos estúdios Toho, sendo exibida originalmente no Japão pela NTV entre 1988 e 1989. Trazida ao Brasil pela Sato Company (cujo dono era Nelson Sato) e exibida pela extinta Rede Manchete no início dos anos 90 ficando no ar até a metade da mesma década conquistando ótimos índices de audiência. Mais tarde, já em 2000, foi reprisada pela CNT. No auge dos seriados Tokusatsu no Brasil na primeira metade da década de 90 foi criado também o Circo Show dos Cybercops em 1994 com atores brasileiros porém com as armaduras e roupas originais usadas nas gravações no Japão.


Sinopse
Em 1999, o esquadrão especial da polícia de Tóquio conhecido como ZAC (Zero Section Armed Constable ou Policiais Armados da Sessão Zero) cria o Cybercop, um grupo de policiais de elite com armaduras tecnológicas. Os Cybercops passam a combater a organização criminosa Destrap (Death Trap, no original) liderada pelo computador Fuhrer, uma criação de Barão Kageyama, o verdadeiro líder do grupo.


O ator Shogo Shiotani (Akira/Marte) faleceu em 5 de maio de 2002. Boatos infundados dão conta que teria cometido suicídio pela tentativa fracassada de fazer uma nova versão de Cybercops. Embora informações dessem conta que ele tivesse, sim, planos de reviver os Cybercops, não há como relacionar este fato à sua morte prematura. As informações oficiais são de que cometeu suicídio devido a problemas depressivos, atirando-se de um prédio na região de Dougenzaka, bairro de Shibuya, em Tóquio.



Winspector



Tokkei Winspector (特警ウインスペクター, Tokkei Uinsupekutā, traduzido literalmente como Polícia Especial Winspector, e lançado no Brasil sob o título de Esquadrão Especial Winspector). Produzida pela Toei Company foi exibida originalmente entre 4 de fevereiro de 1990 e 13 de janeiro de 1991 pela TV Asahi, totalizando 49 episódios. No Brasil, foi transmitida pela Rede Manchete a partir de julho de 1994, onde permaneceu por um longo período na grade de programação, até ser retirada do ar em dezembro de 1997. A série narra as aventuras e missões do grupo de resgate chamado "Esquadrão Especial Winspector", que combate o crime e situações perigosas que a polícia convencional não pode resolver. A equipe é formada por um policial japonês chamado Liuma Ogawa e dois assistentes robôs (Biker e Highter). A série da franquia dos Metal Heroes foi a primeira da trilogia dos Rescue Heroes.

História
O progresso científico e tecnológico, da mesma forma que trouxe bem estar e conforto para a humanidade, também permitiu que assassinos, destruidores de meio ambiente e bandidos de toda a espécie cometessem suas atrocidades de maneira mais fácil e impune.

Seguindo os ideais de um amigo policial que havia morrido, o Chefe Shunsuke Masaki organiza uma força especial de combate a crimes, como forma de equilibrar as forças do bem e do mal, surgindo assim Winspector.


Composto por Liuma Ogawa (Ryuma Kagawa, no original) usando a armadura especial Fire; Biker e Highter (Bikel e Walter, no original), magníficos robôs criados pelos cientistas da polícia; a policial campeã olímpica de tiro ao alvo Junko Fugino; Hissae Koyama (a filha do amigo policial que faleceu); o oficial de manutenção Nonoyama e o mini-robozinho Demitaz.

Ao final da série, os integrantes de Winspector são promovidos e vão para a França, para fazer parte da Winspector Internacional. O Chefe Masaki fica no Japão e cria uma nova equipe, chamada Solbrain, para continuar combatendo o crime, já que o Japão não poderia ficar desprotegido.



Comando Estelar Flashman



Choushinsei Flashman (超新星フラッシュマン, Chōshinsei Furasshuman, traduzido como Supernova Flashman e lançado no Brasil como Comando Estelar Flashman). Produzido pela Toei Company, foi exibido entre 1º de março de 1986 e 21 de fevereiro de 1987 pela TV Asahi. Estreou no Brasil em 13 de março de 1989 na Rede Manchete, onde ficou até 1992. A partir de Agosto de 1994 foi ao ar pela Rede Record, ficando até o final de 1995, com breves reprises em 1996. Mais tarde começou a ser exibida na CNT/Gazeta, em 1997, onde permaneceu até o final daquele ano. Ao todo, possui 50 episódios e 2 curta-metragens.


História
Em 1966, cinco jovens foram raptados quando crianças por caçadores espaciais, mas acabaram sendo salvos pelo povo do Planeta Flash. Durante vinte anos os jovens viveram e treinaram no Planeta Flash e seus satélites, voltando para a Terra ao saberem que o cruzador Imperial Mess, liderado pelo Monarca La Deus e o cientista Doutor Keflen, está prestes a invadir o planeta.



Jaspion



Kyojuu Tokusou Jaspion (巨獣特捜ジャスピオン, Kyojū Tokusō Jasupion, traduzido como Investigador de Monstros Jaspion, e lançado no Brasil sob o título de O Fantástico Jaspion). Produzida pela Toei Company e exibida originalmente entre 15 de março de 1985 e 24 de março de 1986 pela TV Asahi, totalizando 46 episódios. Foi estrelada pelo ator e dublê Hikaru Kurosaki no papel título.



No Brasil, foi transmitida pela Rede Manchete a partir de 22 de Fevereiro de 1988 juntamente com Changeman, que chegavam no programa Clube da Criança comandado por Angélica até meados de 1991. Já entre agosto de 1994 até dezembro de 1995, com reprises em 1996 foi exibida pela Rede Record, continuando a manter ótimos índices de audiência. Posteriormente, em 1997, foi transmitida pela CNT/Gazeta.

A série obteve um sucesso gigantesco e até então inédito por outras produções do gênero exibidas (tais como National Kid e Ultraman), desencadeando uma febre épica pelo gênero de super-heróis japoneses no país e abrindo as portas para a importação de novas séries do gênero tokusatsu. A série obteve um sucesso tão grande, que costumeiramente mesmo em uma emissora de porte menor, sua audiência superava a da Globo que contava com programas como o da Xuxa, líder absoluto até então.


No auge, Jaspion obteve os maiores índices de audiência da história da TV Manchete. Pelo enorme número de seguidores no Brasil, cuja população é a quinta maior do planeta, Jaspion invariavelmente continua sendo uma das séries tokusatsu com maior número de fãs em todo o mundo. Em razão desta enorme popularidade, o personagem-título tornou-se o protótipo do herói japonês no país, imagem que se mantém até os dias atuais.

Após negociações, a série completa foi lançada no Brasil em DVD pela Focus Filmes em 2009 .
História

No planeta Edin, uma estrela a muitos anos-luz de distância da Terra, o profeta Edin encontra um garoto humano que sobreviveu à queda de uma nave espacial no planeta, acidente no qual seus pais morreram. Acreditando nas profecias da Bíblia Galáctica, a qual preceituava que um guerreiro celestial salvaria a galáxia e o universo das forças do mal, Edin crê ser este o garoto predestinado a se tornar o lendário guerreiro. Ele adota o menino e o cria sozinho, dando-lhe o nome de Jaspion, na esperança de que, algum dia, o garoto venha a combater as ameaças do temível Satan Goss, do Império dos Monstros.



Anos mais tarde, já adolescente, Jaspion aprende sobre seu destino, e aceita de seu "pai" os equipamentos que seu mentor construiu para auxiliá-lo. Entre os artefatos, estão a armadura Metaltex, feita do metal mais resistente do universo (metal Ejinium); a androide Anri, que passa a ser sua companheira na jornada, e a nave espacial Daileon, que tem o poder de transformar-se em um poderoso robô gigante. Sua missão é encontrar os pedaços da Bíblia Galáctica (que havia se espalhado pelo Universo após o planeta ancestral de Edin ter sido destruído por um cometa) e destruir o império de Satan Goss.

Após algumas aventuras em planetas desconhecidos (num deles tendo resgatado a alienígena Miya, que é adotada e passa a acompanhar ambos), Jaspion e Anri chegam à Terra, alvo do maligno Satan Goss e seu filho MacGaren, que torna-se o rival do herói. Aqui, ganham novos aliados, como Boomerman (Boomerang, no original), o professor Nambara, e seus filhos, Kanoko e Kenta.



Jiraiya



Sekai Ninja Sen Jiraiya (世界忍者戦ジライヤ, Sekai Ninja Sen Jiraiya, traduzido como Guerra Mundial dos Ninjas Jiraiya e lançado no Brasil sob o título de Jiraiya, o Incrível Ninja). Produzida pela Toei Company, foi exibida originalmente entre 24 de janeiro de 1988 a 24 de janeiro de 1989 pela TV Asahi, totalizando 50 episódios. A série diferenciou-se de suas antecessoras por quebrar o padrão da franquia na qual está inserida, introduzindo um herói sem superpoderes e utilizar como temática a tradição japonesa dos ninjas, até então nunca explorada nos Metal Heroes. Foi trazida ao Brasil pela extinta Top Tape e estreou no dia 2 de outubro de 1989 pela Rede Manchete, continuando a fazer muito sucesso na década de 90. Mais tarde voltou a ser exibida pela mesma emissora entre 1998 e 1999. Com a falência da Manchete, a série foi exibida ora pela manhã, ora ao final de tarde na RedeTV! até meados de 1999, pouco antes da emissora estrear a sua programação definitiva.



Mighty Morphin Power Rangers 



Conhecida na USA e em Portugal simplesmente como Power Rangers) é uma série de televisão infantil norte-americana de que estreou em 28 de agosto de 1993, no bloco semanal Fox Kids. A série é sobre um grupo de adolescentes que foram escolhidos para proteger o mundo de um grupo de invasores alienígenas e foram dados a capacidade de se "transformar" em super-poderosos guerreiros e usar robôs gigantes chamados "Zords". Ela foi adaptada e utilizada a partir da série de televisão japonesa Zyuranger, que foi a 16ª série Super Sentai da Toei Company.


Tanto o show quanto a sua mercadoria relacionada se tornou um sucesso do dia para a noite, tornando-se um hit da década de 1990 e parte da cultura pop em poucos meses. A série original durou por três anos, entre 1993 e 1995 e gerou o filme Mighty Morphin Power Rangers: The Movie.


Hoje em dia o gênero perdeu sua força, e nem de longe lembra a febre que foi durante  os anos 80 e 90, que ainda contou com a chegada de outras séries como Sharivan, Sheider, Gavan, Giban, Black Kamen Raider e Black Kamen Raider RX, Machineman, Bicrossers, Patrine, Spielvan, Metalder entre outras.